A Prefeitura de Canudos reajusta salário dos professores em 7,64%, garantindo o piso nacional à classe

 

Professores do Município de Canudos recebem novo piso salarial.

A Prefeitura de Canudos liberou o pagamento dos professores municipais já com o novo aumento no piso salarial, cumprindo uma decisão tomada após uma reunião entre o Prefeito, Genário Rabelo, o secretário de finanças, Venício Reis e a secretária de educação, Maria Raimunda (Leleca) com a diretora da APLB de Canudos, Josileide Valença, e outros membros do sindicato. Na ocasião, ficou determinado o pagamento do piso nacional aos professores, com um aumento de 7,64%. O salário dos professores que era de R$ 2.135,64 para 40 horas semanais, passou para R$ 2.298,80.

De acordo com Genário Rabelo, pagar o piso nacional aos professores é um desafio para as pequenas cidades, já que os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) podem diminuir em 2017, porém é uma ação de valorização da educação e dos profissionais. “Canudos é uma das poucas cidades da região que sempre respeitou e garantiu o piso aos professores durante a minha gestão passada. Apesar das dificuldades financeiras, continuaremos com o nosso compromisso com a educação, pagando o piso aos professores e garantido os seus direitos”, afirmou.

Além do piso, a prefeitura garantirá o quinquênio dos professores, um adicional no salário por cada cinco anos de serviço efetivamente prestado, ininterruptamente. Uma comissão foi formada para realizar novas reuniões com o Prefeito e secretários com o objetivo de analisar propostas que viabilizem a garantia de 100% das vantagens destinadas aos professores, como o reordenamento da rede a mudança de nível dos servidores.

De acordo um levantamento feito pelo Ministério da Educação, apenas 2.533, dos 5.570 municípios brasileiros declararam que pagam um salário aos professores de pelo menos o valor do piso nacional. O piso é pago aos profissionais com formação de Nível Médio, em início de carreira, e carga horária de 40 horas semanais.

Fonte: Ascom Canudos